Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Coluna: Retro Games’ Category

Apesar de não haver muita gente comentando, eu estou achando um barato esse hack do Super Mario World com uma porrada de chefes de outros games, com montagens de chefes do universo do Mario e com aqueles bizarros que eu nunca vi.

Agora, apresento aos leitores a 4ª parte do Brutal Mario Bosses. Se você perdeu as partes anteriores, aqui a Parte 1 e aqui a Parte 2 e 3.

No 4º vídeo os chefes são conhecidos mas ainda assim bizarros quando inseridos no universo de Mario World. Tem aquele monstro que se divide da série Mega Man, além do Dr. Willy de Mega Man 7. Tem alguns chefes do mundo de Kirby, incluindo do King Dedede entre outros da franquia. Excelente a montagem feito com um Kirby Gigante como chefe final baseado no último boss de Yoshi’s Island. Alias o Chomper que aparece no vídeo também é de Yoshi’s Island. E depois de enfrentar 4 Koopas, o vídeo de 10 minutos termina com Roy Koopa de Super Mario Bros 3, numa montagem muito bem elaborada alias.

Ainda hoje, só que mais para a noite, a quinta parte! 😉

Read Full Post »

Se você perdeu a primeira parte, basta clicar aqui. Claro que se trata de um hack, uma montagem, como tantas outras que existem por aí. Mas me interessei por estes vídeos porque mostram chefes inusitados e até mesmo chefes clássicos do universo Mario, de outras formas e mais difícieis. Fora a aparição esporádica de outros chefes do mundos dos games.

A segunda parte é bem mais relax que a primeira. O chefe que parece um pássaro e que usa bolas de fogo é do game seiken densetsu 3, isso segundo os comentários lá na página do you tube, porque eu mesmo nunca vi. Seguido por Wendy, que parece muito baba e por outro Big Boo. Eu não sei se o cara escreveu o nome certo, acredito que não, mas o chefe após o Boo ele chama de Bom Bom, nessa parte os controles estão invertidos, tornando mais difícil acertar o chefe. Logo depois vem Squawk da série Donkey Kong Country. O último chefe é o Iggy Koopa. Alias fiquei curioso quanto aos nomes dos supostos filho do Bowser de SMB3 e achei esta imagem para refrescar a memória:

Vídeo com a segunda parte:

A terceira parte é bem mais apelona. Começa com o chefe Drum da série Donkey Kong Country. Modificado, mais rápido e mais apelão. As cabeças de abóbora do dono do vídeo não sabe de que game é, mas ele explica que precisa matar ambas ao mesmo tempo ou uma nova surge na tela. Mas o fato da batalha ser de ponta cabeça já a torna bem maneira. Segue para aquela batalha clássica com o Bowser de Super Mario Bros, podendo matá-lo com a flor de fogo ou com o machadinho clássico, sensacional! O outro chefe o autor não sabe de onde é, mas os comentários do vídeo por lá dizem que é de Secret of Mana, assim como o último chefe, que é um Dragão, na qual Larry, outro filho de Bowser está montado. Antes do último chefe, o chefe é um Boo de Yoshi’s Island.

Vídeo com a parte 3:

Muito legal estas montagens. Parabens aos usuário MetalYoshi lá do you tube que diz ter feito esse hack, parece realmente divertido. Amanhã trarei as partes 4 e 5. 😉

Read Full Post »

Estava a navegar pelos mares do You Tube quando atingi este vídeo. Não resisti e resolvi assistir. É um vídeo daqueles hacks que os entendidos fazem tão bem com estes joguinhos antigos da geração poucos-bits.

A proposta é bem simples, montar fases apenas com chefes diversos para o Mario enfrentar. No começo os chefes são do universo do bigodudo, mas a medida que o vídeo avança, chefes de outros games são inseridos no game. XD

Segundo a descrição da página no You Tube, Majinki, o penúltimo chefe do vídeo é do game Chrono Trigger e o King K. Rool é do segundo confronto com o personagem que acontece em Donkey Kong Country 2. Muito legal mesmo.

Vejam, o vídeo, que foi criado e postado pelo usuário MetalYoshi4, lá no You Tube:

Mais tarde eu trago a segunda parte de Super Mario World Hack: Brutal Mario Bosses. \o/

Read Full Post »

Parece novidade em todo o mundo, menos aqui, claro.

Ano passado, a Blaze (licenciada pela Sega) fabricou um modelo de Mega Drive portátil com 20 jogos na memória. Foi lançado na Europa custando o mesmo preço de um cartucho de DS. Por aqui a TecToy fez quase a mesma coisa. Quase, porque o consolinho brazuca é muito mais feio e mais caro que seu irmão britânico. Compare:

Esse é o bonitão Blaze

Esse é feioso TecToy

Só para deixar o produtos TecToy na lona, agora a Blaze relança o Mega Drive na terra da rainha, mas com um precioso detalhe: o slot para cartuchos! E os jogos incluídos na memória são: Alex Kid, Alien Storm, Altered Beast, Arrow Flash, Bonanza Bros., Columns, Crack Down, Decap Attack, E-Swat, Fatal Labyrinth, Flicky, Gain Ground, Golden Axe, Shadow Dancer e Sonic & Knuckles. Aproveite agora e jogue um pouco de Sonic no site da Blaze enquanto essa belezoca não chega em terra brasilis. Sim, ele está chegando mesmo!

A AtGames, braço da SEGA que é responsável pelo licenciamento e distribuição dos consoles antigos da empresa – estabeleceu presença no mercado brasileiro, de onde coordenará suas atividades para todo o mercado latinoamericano. A empresa informa que o aparelho chegará às lojas brasileiras por R$ 99, ainda sem data. Finalmente teremos uma guerra de consoles novamente! Sim, do mesmo console. Lembram quando a havia a Guerra dos NES? Agora é Mega Drive vs Mega Drive!

Read Full Post »

Estava agora a pouco relembrando este clássico da minha infância. Foi um dos primeiros games de Playstation que joguei assim que adquiri o console, a zilhões de anos atrás. Junto com Mega Man 8 que saiu na época, é claro.

Esse foi o primeiro game da série X que deu ao jogador liberdade total para jogar com o Zero. No X3 dava também, mas havia algumas limitações. Em X4 dá para jogar com o Zero o game todo, incluindo os chefes e ainda o personagem tem um final próprio. Zero sempre teve um alto Hype na franquia Mega Man X.

Só para matar a saudade, a abertura em anime do game:

Fui no Wikipédia e deu uma chupada na sinopse do game, já que eu não lembro de nada. XD

“Seguindo a terceira derrota de Sigma, Os Laboratórios Cain tentaram uma iniciativa para criar uma armada que complementasse os Maverick Hunters. Chamada de Repliforce, foi um estrito exército militar liderado pelo General e seu segundo-em-comando, Colonel. 6 meses depois, Os Laboratórios Cain avaliaram-nos e descobriram-nos instáveis e potencialmente perigosos. Para piorar a situação, pelas costas dos Maverick Hunters, o General vem se encontrando com uma misteriosa figura que insistiu que os Hunters representavam “significativa ameaça” à independência da Repliforce.

Um grande fiasco ocorreu em Sky Lagoon, uma cidade flutuante; o lugar foi posto em rota de colisão com a cidade de baixo, matando milhares de cidadãos, humanos e Reploids. X e Zero apontaram Colonel, no pós-incidente, e começaram a considerar uma conjectura entre o desastre e as ações da Repliforce. Pouco tempo depois, a Repliforce foi proclamada como um conjunto de Mavericks, e, além das inúteis promessas de paz do General, uma guerra de larga escala estourou entre as facções militares. Zero e X são convocados para investigar a causa do desastre e terão novamente que enfentrar Sigma para salvar o mundo.”

Estágio: Web Spider com Zero:

Eu gostava muita desta época de Mega Man. Os jogos não eram tão difíceis quanto os clássicos de 8-Bits, mas eram muito bonitos para a época e gostava dos personagens e história da saga X.

Uma curiosidade, também lá do Wikipédia: Os ataques do Magma Dragoon incluem suas próprias variantes de fogo do “Hadouken” e do “Shoryuken”, como referência à série Street Fighter, e ele mesmo grita os nomes das técnicas. Ele também veste um grande colar similar ao do Akuma. Veja:

Alguém mais se lembra de algum fato curioso ou tem uma história envolvendo este game? Comentem. 🙂

Após o “mais” deixo os vídeos com os 2 finais do game.

(mais…)

Read Full Post »

Pois é, estava vendo a lista dos próximos lançamentos de Fevereiro quando topei de cara em Sonic’s Ultimate Genesis Collection. Não que eu não soubesse da existência do game, mas passou despercebido pelos arquivos da minha memória que o game está saindo agora no dia 10 de Fevereiro.

Melhor ainda foi ver a boxart do game:

Sonic no estilão “gordinho” old-school ficou ótimo para estampar a capa do jogo oras! Estou tentado a admirir a coletânia para a minha coleção de X360. Claro que não curto todos os games que vem, mas os Sonics, Vetorman e Ristar são joguinhos da infância puxa. Melhor ainda jogá-los em “High Definition”. Por sorte eu não comprei os dois games do Sonic que saiu na Live Arcade.

Aproveitando o post, esta é a lista dos games que vem na coletânea, porém ainda há outros que podem ser destravados, mas o principal são estes mesmos:

* Alex Kidd in the Enchanted Castle
* Alien Storm
* Altered Beast
* Beyond Oasis
* Bonanza Bros.
* Columns
* Comix Zone
* Decap Attack starring Chuck D. Head
* Dr. Robotnik’s MBM
* Dynamite Headdy
* Ecco the Dolphin
* Ecco II: The Tides of Time
* E-SWAT
* Fatal Labyrinth
* Flicky
* Gain Ground
* Golden Axe I
* Golden Axe II
* Golden Axe III
* Kid Chameleon
* Phantasy Star II
* Phantasy Star III: Generations of Doom
* Phantasy Star IV: The End of the Millennium
* Ristar
* Shining in the Darkness
* Shining Force
* Shining Force 2
* Shinobi III: Return of the Ninja Master
* Sonic 3D Blast
* Sonic and Knuckles
* Sonic Spinball
* Sonic the Hedgehog
* Sonic the Hedgehog 2
* Sonic the Hedgehog 3
* Streets of Rage
* Streets of Rage 2
* Streets of Rage 3
* Super Thunder Blade
* Vectorman
* Vectorman 2

Sonic’s Ultimate Genesis Collection é um lançamento para Xbox 360 e Playstation 3 e chegará as lojas custando U$ 29. Um preço bem convidativo não acham?

Agora só falta a Capcom criar uma nova coletânia para Mega Man e Mega Man X neste geração, com gráficos em HD, aí não peço mais nada vai…

Sonic’s Ultimate Genesis Collection: Trailer

Read Full Post »

Rá, esse vídeo da Gametrailers é ótimo. Putz, Power Rangers… eu me lembro muito bem desse game! Nem vou falar muito, vejam:

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

Não é um Battletoads, mas era divertido para a época. XD

Read Full Post »

« Newer Posts - Older Posts »