Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Blizzard’

Polêmica no fórum oficial do Star Wars: The Old Republic, futuro lançamento da Bioware. Tudo começou com tópicos discutindo sobre como o sistema do jogo iria lidar com a criação de personagens gays e conseqüentemente, com o relacionamento desses personagens. Mais rápido do que uma bala e com a sutilidade de um elefante, o moderador Sean Dahlberg, trancou os tópicos. Dezenas de outros tópicos surgiram reclamando da decisão, também foram rapidamente trancados e termos como gay, lésbica e bissexual foram inseridos no filtro de palavras ofensivas do fórum. 

Ao ser novamente criticado pelos usuários, Sean Dahlberg, piorou a situação dizendo que “Esses termos não existem no universo de Star Wars.”. Tecnicamente ele está correto, pois os termos gay, lésbica e bissexual, nunca foram utilizados no universo de Star Wars, mas isso não significa que não existam personagens gays na série: Juhani, do primeiro Knight Of The Old Republic, não escondia sua preferência por mulheres; Goran Beviin, um dos melhores tenentes do exército de Boba Fett, tinha uma relação com o ferreiro Medrit Vasur e chegaram até a adotar uma filha. 

Nem é preciso dizer que por conta de toda a polêmica, Sean Dahlberg voltou atrás e pediu desculpas publicamente. Ele fez até uma revisão no filtro de palavras ofensivas do fórum, mas fica a impressão de apenas estarem tentando apaziguar a situação. 

Essa não é a primeira vez que grandes empresas de games entram em conflito com os ‘gaymers’. Em 2006, a Blizzard ameçou expulsar uma jogadora de World Of Warcraft por estar divulgando o seu clã ‘simpatizante’. No início do ano a Microsoft foi notícia por banir a gamertag de uma jogadora que dizia ser gay no perfil. Ambos os casos terminaram com pedidos de desculpas e a promessa de serem mais cuidadosos com essas situações. Aliás, nem precisamos ir tão longe, o Wii Brasil publicou um artigo sobre os gaymers este ano que gerou uma discussão acalorada sobre o tema. 

Não dá para dizer que é um assunto fácil e que será resolvido com um pedido de desculpas e promessas de melhorias, quando o problema do preconceito não está totalmente na indústria de games (jogos como The Sims e Fable estão aí para provar isso), mas sim em grande parte no hábito dos jogadores. Deve-se discutir abertamente o tema, sem criar tabus e desencorajando qualquer ato de preconceito. Pois assim como no mundo real, “they’re here and they’re queer”.

Read Full Post »

Mais alguns (pequenos) detalhes de Diablo III

Semana começou meio fraca, heim? Poucos lançamentos de peso e notícias escassas. Tomara que melhore!

A Blizzard lançou hoje a oitava edição do seu podcast, com entrevistas bem interessantes com o pessoal responsável pelo desenvolvimento do esperadíssimo Diablo III. Na maior parte discutiram apenas sobre detalhes do jogo, nada de revelação bombástica. A única coisa que eu realmente achei interessante foi a mudança no inventário do personagem. Vejam:

Clique aqui para ampliar

De cara já podemos ver que os ícones de skill estão beeem mais coloridos, algo bem parecido com World Of Warcraft. O que não é nada ruim. Um ícone azul significa um poder de gelo, vermelho é um poder de fogo e etc. É um sistema mais intuitivo do que o anterior. E muito mais bonito, não acham?

Em seguida os itens do personagem. Estou enganado ou adicionaram mais três slots para equipamentos? Uma ombreira (wat?!), uma calça e sei lá, um amuleto para os pés? Interessante.

Outra grande mudança foi no inventário: notem três ícones do lado esquerdo. Uma mochila, uma sacola e um baú. Na mochila ficarão os ícones grandes (equipamentos) e na sacola os ícones menores (scrolls, amuletos…). Já no baú ficarão os itens das missões. Nada de ter que voltar para o Rogue Encampment vender itens para pegar o Scroll Of Inifuss. Isso sempre acontecia comigo XD

E sabe aquele ícone que está ali do lado direito, onde ficava o antigo ícone de mana? Pois é, mudou também! Pelo menos para o Bárbaro, ele não usara mana, mas sim um sistema chamado de Fury System. São três níveis que vão se enchendo a medida que você vai matando monstros. Simples e combina melhor com o personagem.

Mudanças interessantes estão sendo feitas. Pode-se notar que estão trabalhando duro para que Diablo 3 não seja apenas mais-do-mesmo.

Read Full Post »

Mais de Diablo III

Tem alguém cansado de notícias de Diablo? Sei que eu não estou e nem os caras do site Eurogamer.com que tentaram arrancar mais alguma coisa do Rob Pardo (chefe de Design da Blizzard e que trabalhou em World Of Warcraft).

Eles começam tentando analisar se Diablo III será simplesmente mais do mesmo e Pardo diz que se manter tradicional não é algo ruim se mais ninguém está trabalhando com aquela tradição, e ainda cita as novidades implementadas por ex-funcionários da Blizzard em seus novos projetos (Hellgate London e Guild Wars).

O diretor de arte do jogo Bryan Morrisroe comenta sobre a decisão de se manter a perspectiva de câmera eagle eye (câmera pegando a ação de cima): “Essa visão é a melhor escolha para a série”, diz ele. E ele está certo por três razões principais: o controle estilo point-and-click, a necessidade de estar sempre atento à ataques de todos os lados e a exploração dos mapas gerados aleatóriamente.

Mapas aleatórios é marca registrada da série, mas não devemos esperar a mesma intensidade de mapas novos em Diablo III, como explica Pardo: “Decidimos que queremos manter a ‘geografia estática’ porque queremos criar um mundo plausível. Queremos que os jogadores conheçam e memorizem a localização das cidades e vilas. Mas iremos manter os monstros surgindo de forma aleatória, assim como algumas dungeons. E daí surgiu a idéia de criar também algumas aventuras aleatórias”.

Esse conceito não foi muito bem explicado, porque nem mesmo a própria Blizzard sabe como aplicar a idéia. Que consiste em, além de gerar monstros e alguns mapas aleatóriamente, alguns eventos também sejam gerados dessa maneira em qualquer momento do jogo. Um exemplo pode ser visto naquele vídeo de 20 minutos de gameplay do jogo: algumas rochas caem e destroem a passagem, forçando o personagem a pular o buraco. Mas em outro jogo poderia acontecer um ataque inesperado de algum inimigo mais forte ou algum evento com um NPC. Esse simples detalhe promete acabar com a linearidade dos jogos antigos.

Outro detalhe que irá mudar o estilo Diablo de ser é a o novo sistema de recuperação de energia: pequenos globos vermelhos que recuperam vida caem dos monstros a qualquer instante. Esse simples sistema (já utilizado em diversos jogos) vai ser uma mudança tremenda na série. Se nos jogos anteriores tínhamos poções e magias que poderíamos usar a qualquer momento, agora ficamos à mercê do próprio jogo. Enfrentar aquela horda de monstros não será mais tão simples, já que a qualquer momento você pode cair morto. Isso adiciona um pouco mais de estratégia ao jogo e nos fará pensar um pouco mais nas habilidades de cada classe de personagem: “Se você pode simplesmente recuperar sua vida, o jogo fica desequilibrado.” diz Pardo. Algumas habilidades que antes passavam batidas agora serão de extrema importância, como aquela que deixava os inimigos confusos ou aquela outra que os faziam fugir.

Esse novo sistema de recuperação de energia irá afetar o multiplayer do jogo também. Quando o item for pego por algum personagem de um grupo, todos os personagens próximos irão ter parte da energia recuperada também. Isso irá reforçar a idéia de se lutar como um grupo. Já quanto à quantidade de pessoas em um jogo, nada está decidido: estão trabalhando com um número máximo de oito personagens embora o jogo fique melhor com menos. Os duelos também devem passar uma reformulação.

Mas e quanto aos inimigos? A promessa é de um salto absurdo no nível de dificuldade, tendo como inspiração a série Zelda e World Of Warcraft. Os chefes não serão apenas inimigos mais fortes, eles serão mais complexos, com resistências e pontos fracos.

Mais novidades? Que tal uma dose a mais de RPG? Segundo Pardo, isso será algo que irá surpreender os fãs: a ênfase na história e no envolvimento do personagem com o mundo à seu redor. E pretendem fazer isso sem diminuir o ritmo frenético do jogo. Há ainda outras surpresas guardadas que não serão reveladas tão cedo. A suspeita é de que tem a ver com o sistema de magias, runas e pedras mágicas.

Diablo III já estava sendo produzido por quatro anos antes da sua revelação, e pelo andar das coisas, irá seguir a tradição da série de ser um sucesso tremendo.

Read Full Post »

[RUMOR] Diablo III nos consoles

 O site Kotaku, publicou uma noticia muito interessante.

Diz que já que a Blizzard se tornou uma joint-venture com a Activision, formando a Activision-Blizzard, uma versão para PS3 e 360 é possível, em se tratando de Diablo III.

Ele deixa bem claro, que apenas teoricamente é possível.

Fique com a box-art montada:

Será que veremos um dos games mais esperados da história nos consoles de mesa?

Read Full Post »

Retrospectiva Diablo Parte II

Dando continuidade à primeira parte do artigo publicado aqui.

Lançado apenas quatro anos após seu antecessor (em 2000), Diablo II já nasceu um clássico. A Blizzard não brincou em serviço: Diablo II é maior e melhor que o original em diversas maneiras. A jogabilidade point and click continuou a mesma, mas com muitas novidades: o sistema de stamina, novos personagens, novos lugares e novas ameaças…

Não será fácil falar de um jogo que, oito anos após seu lançamento ainda tem muita gente jogando e descobrindo coisas novas, mas tentarei.

Vamos?

(mais…)

Read Full Post »

Teaser Diablo III

Como o maverick já trouxe hoje cedinho o anúncio de Diablo III, nem tenho muito o que dizer, apenas mostrar a vocês o teaser do game:

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

Read Full Post »

Vídeos de Diablo III já disponíveis.

Acessem o site da Blizzard.

Há dois vídeos de Diablo III, um de gameplay e outro de trailer.

O vídeo de gameplay é fantástico, lindão! Nada como Crysis, mas o tanto de inimigos que aparecem na tela, e aparentemente, sem slowdowns.

Se eu soubesse como colocá-los aqui, mas acho que nem é possível.

Vejam os vídeos aqui.

Empresa boa é assim: anuncia o game e põe junto vídeos de gameplay!

Read Full Post »

Older Posts »