Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Brasil’

Acordei um pouco mais cedo hoje, feliz e contente porque hoje jogaria os 4 novos mapas de Gears of War 2.

Liguei meu Xbox 360, entrei online e lá estava na dashboard a propagandinha dos mapas. Cliquei, dei confirmar download e recebi a tão temida mensagem de que o download não estava disponível em minha região.

Triste e Decepcionante.

Agora é correr para VPN, que é sempre dolorosa, demorada, porém recompensadora quando funciona. Vou testar de novo meu método de VPN que usei para baixar o Flashback Map Pack ano passado e se der certo, tutorial mais a noite aqui no Portallos.

Read Full Post »

Lá nos EUA: Reaper – 2ª Temporada

Enquanto aqui no Brasil ainda estamos esperando a primeira temporada de Reaper, lançado nos EUA em Novembro de 2008, a segunda temporada já foi anunciada em DVD por lá:

O lançamento acontece dia 02 de Junho. As coisas estão rápidas por lá, esta temporada ainda está em exibição, mas os produtores já estão no gatilho para o lançamento do DVD. Parabéns EUA, triste é o Brasil que sofre com box de series por aqui.

Ainda não tive a oportunidade de assistir Reaper, mas todo mundo me recomenda a série. Preciso ficar atento ao Universal Channel para quando começarem a reprisar. XD

Read Full Post »

Link desta matéria mudou de endereço. Ela pode ser acessada a partir deste link:

http://www.portallos.com.br/2009/02/14/wii-brasil-hackeado-e-uma-falta-de-respeito-pelos-brasileiros-na-internet/

Read Full Post »

Meu primeiro game nacional de X360: Fable II

Com a atual crise econômica mundial, que empurrou o dolar para perto de R$ 2,40, importar um game lá dos Estados Unidos chega a custar em torno de R$ 155, mais ou menos. Vai variar conforme frete, preço do game (U$ 59,90 é o padrão) e dele passar pela alfândega sem ser taxado pela Receita Federal. Fable II foi lançado aqui no Brasil a R$ 159, mais frete em algumas lojas. Está praticamente pau-a-pau com o preço de importar ele. Então fiquei esperando uma situação onde ou o preço do game lá fora abaixasse ou encontrasse algum bom desconto online para comprar a versão nacional. Bem, pelo nome do post, a segunda opção aconteceu. Recebi um e-mail, semana passada, da Saraiva avisando que a loja de games estava com 15% de desconto. No fim, recebi hoje meu Fable II. R$ 135 pode não ser um preço excelente, mas me sinto bem quando consigo economizar até mesmo os pequenos tostões. XD

Meu primeiro game nacional de X360. Com capinha e manual tudo em Português. Tem curiosidade de saber como são os games lançados pela Microsoft por aqui? Aí está um raio-x completo da versão brazuca de Fable II:

Bem, o selinho verde avisando que a caixa e manual em português e game em inglês até passa, mas precisa daquele quadro branco enorme tampando, inclusive, parte da arte da capa é sacanagem. Porque nossos avisos se classificação etária precisam ser tão grandes? O brasileiro não tem a capacidade de identificar um pequeno selo como o de Mature, por exemplo, dos americanos?

Bem, após o “mais” continue vendo o resto da edição brasileira de Fable II:

(mais…)

Read Full Post »

Esse quadro abaixo explica de forma tão clara o que muda nas regras ortográficas agora em 2009. Até 2012 dá para escrever de qualquer jeito, ambas irão valer.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

Acho que com exceção das regrinhas do hífen, as outras não tem segredo. Desde que pequenino sempre achei ridículo a existência de acentos na lingua portuguesa. Como se a falta dele fosse suficiente para não conseguirmos entender o que está escrito, então pra mim as novas regras são bem vindas. Quanto menos acentos, melhor. Quem lê o blog diariamente já deve ter notado que sou péssimo para acentuar as coisas e muitas vezes deixo algumas palavras sem o mesmo.

Trema é algo que eu nunca usei também. Tive uma professora na escola antes da 5ª série, que já dizia o quanto ele era uma coisa inútil e que um dia seria extinto.

Acho válido a tentativa de mudanças para que o Português do Brasil e o de Portugal sejam mais parecidos. Quase ninguém no mundo fala nosso idioma, então aos poucos que falam, nada mais sensato se todos falarmos o mais parecido possível.

E, por fim, segundo o site da uol, que montrou esse quadrinho acima, apenas 0,8% das palavras aqui no Brasil vão sofrer mudanças. Pouco né?

Para saber mais, clique aqui. (Para ver o quadro com as regras também precisa clicar nesse link, infelizmente ele não funciona diretamente.)

Read Full Post »

Aproveitando o finzinho desde domingo, vendo o final da sétima temporada de Arquivo X em DVD, resolvi que já era hora de fazer minha colaboração ao blog Continue e a seu MEME promissor a respeito do melhor e do pior de 2008 no mundo dos games!

Para saber mais sobre o que este MEME trata, basta clicar aqui.

A tarefa é bem simples, cada colaborador do blog pode votar, não precisa ser apenas 1 voto por blog, então este post é sobre o meu voto, os outros participantes daqui fiquem à vontade para darem seus votos em novos posts. 🙂

JOGO DO ANO: Pois é, apesar de ainda não ter jogado Prince of Persia e Banjo-Kazooie: Nuts & Bolts, devido a nossa adorável alfândega brasileira que retém e perde pacotes, joguei a maioria dos lançamentos de 2008. Difícil acreditar que exista outro game em 2008 que tenha se saido melhor. GoW 2 é tudo que os gamers esperavam. Modo campanha extremamente viciante, com um aprofundamento do universo do game bem mais centrado, com um multiplayer também gigantemente melhorado, com muito mais opções para todos os lados. Defeitos? Há, mas são ofuscados pelas enormes qualidades. É uma das raras regras onde a continuação dá aquela sensação de se um jogo completamente novo e chuta a bunda do primeiro game. E olha que Gears of War 1 já era sensasional. Não adianta, melhor do ano e há mais de 3 milhões de gamers para comprovar isso. E olha que o game saiu faz pouco mais de 1 mês apenas.

DECEPÇÃO DO ANO: Infelizmente GTA IV terá meu voto esse ano. Ouvi muitos gamers falarem do quanto fenomenal seria o GTA da nova geração. Meu hype na época do lançamento era o máximo, mas a minha queda foi gigantesca. A Rockstar fez realmente um belo game, mas não superou as expectativas que eu tinha sobre ele. É um game centrado, com todos seus aspectos certinhos demais. No fim das contas eu me diverti mais com as bizarrices e superpoderes de Crackdown do que com as mesmas missões repetidas de GTA IV. Vai de um ponto a outro de carro, mata todo mundo e volta. O game se resume a isso. É tão chato que mesmo voltando vez ou outra, ainda não tive pique para terminá-lo. Quanto ao multiplayer, joguei algumas vezes, mas sinceramente não tem a empolgação que outros games tem. Uma cidade gigante demais para 16 pessoas brincarem. Faltou aquele brilho que tantos queriam que tivesse. Não é um game ruim, mas está longe de ser o que esperavam. Me decepcionou e ponto.

NOTÍCIA DO ANO PARA O MERCADO BRASILEIRO DE GAMES: Aqui meu voto é nulo. Sinto muito, mas não acredito que 2008 tenha tido alguma notícia realmente relevante ao mercado brasileiro de games. Pelo contrário, tivemos mais um ano de enrolações no Congresso Federal, onde leis de incentivo ao mercado estão em banho-maria. Nintendo e Microsoft, ainda que oficialmente aqui, sem tomar nenhuma atitude agressiva para aumentar mercado, quanto a Microsoft a coisa foi mais feia ainda, com lançamentos com atraso, com games tendo a possibilidade de serem legendados e não sendo, com o problema dos códigos de Gears of War 2 e Fable II sendo capados e bloqueados. Fraca iniciativa de inclusão no mercado. Ambas deveria de atuar de forma mais agressiva. Muito se fala, em vários sites e blogs quando algo de bom acontece no mercado brasilero, que estamos dando “um passo”, pequeno mas estamos andando. Sinceramente, não estamos andando, passos de formiga em meio a passos de elefentes num mercado global que vem crescendo a cada minutos não significam nada. Zeboo da Tectoy? Se não fosse verdade, eu diria que seria o 1º de Abril do ano. Na velocidade que estamos, talvez daqui a 500 anos, o Brasil chegue a algum lugar com o mercado de games. Hoje? Somos lagartixas andando no meio dos dinossauros. Voto Nulo. Se fosse melhor notícia internacional, diria que a quebra da exclusividade de Final Fantasy foi algo que pode mudar a competição ao mercado global nos próximos anos. Isso com apenas 1 quebra de exclusividade do que talvez seja a franquia de produtora terceirizada mais importante do mundo dos games.

Read Full Post »

Podcast Portallos/NGM #12

Mais uma edição do Podcast chegando. Com alguns dias de atraso em relação a NGM é verdade, peço desculpas por isso. Passei as últimas 48 horas espremendo todos os miolos do meu cérebro para conseguir fazer funcionar o esquema de VPN para baixar o que é meu por direito: Pack Flashback Maps e Lancer dourado de Gears og War 2. Prometo que no pod. 13 comento alguma coisa, se você quiser saber algo em específico já aproveite este post que eu respondo no próximo pod!

Nesta edição a trupe inteira estava presente: Dioges, Gallant, Diogo Miranda e eu. Mais um convidado especial, o CristianoBR do Fórum NGM! Os assuntos abordados nesta edição foi praticamente todos relacionados ao Xbox 360 ou a nova geração. Falamos de NXE, dos Avatares, daquele texto publicado aqui O Futuro dos Games, Legalidade do bloqueio de Gears of War 2, Microsoft Brasil e muito mais!!

Espero que curtam e o próximo podcast será daqui a 15 dias. Quem tiver vontade de participar, basta entrar no Forum NGM e ficar ligado lá por volta do dia 11 ou 12 de Dezembro, que será o período que abriremos para o convite ao pod. #13! Em breve esse convite também será feito ao Portallos, mas isso é uma novidade ainda não revelada. XD

Abraços.

DOWNLOAD PODCAST AQUI

Agradecimentos ao CristianoBR pela bacana participação nesse Pod!

Read Full Post »

Older Posts »