Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Review’

Bem, aí está um game que não me interessa muito. Em meio a tantos shooters atuais, fica dificíl querer jogar todos, ainda mais estamos no Brasil e tendo que importar. Mas nem por isso F.E.A.R. 2 é um game ruim, pelo contrário, parece estar ótimo pelo review feito pela Gametrailers. Confira abaixo:

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

F.E.A.R. 2: Project Origin já foi lançado e é um game para X360, PS3 e PC.

Read Full Post »

Terminar um RPG, para mim, é sempre algo de muita alegria. Eu demoro demais para fechá-los. Eternal Sonata é um dos muitos games em que havia começado em 2008, mas não havia terminado. Felizmente, ontem, tomei coragem e fui até o fim da aventura. Infelizmente nem tudo é só alegria, um final arrastado, confuso e incompleto, não ajuda muito a recomendar um game que tem mais problemas do que deveria. Continue após o “mais” e descubra o que tem de errado com Eternal Sonata:

(mais…)

Read Full Post »

Review: Fallout 3 [Xbox 360]

Mais um review estreando no blog. Fallout 3 é um dos grandes lançamentos do ano de 2008. Esperado por muitos desde seu anuncio, revitalizando uma franquia um tanto antiga [Fallout 2 é de 1998], dando-lhe nova roupagem para a geração atual. Nas mãos da excelente produtora Bethesda, o game não podia decepcionar. Ou poderia? Clique em “mais” e veja o review!

(mais…)

Read Full Post »

A série Castlevania já possui dois ótimos jogos para o Nintendo DS: Dawn of Sorrow, continuação para o aclamado jogo de GBA Aria of Sorrow e Portrait of Ruin que também foi bem aceito pela mídia e pelos fãs. Com dois sucessos já estabelecidos no portátil da Nintendo, será que Order of Ecclesia conseguiu superar as expectativas dos fãs e da mídia ou será a primeira grande bomba da série no DS? Clique em more para descobrir. (mais…)

Read Full Post »

Sinopse Panini: Ele é conhecido como o maior Lanterna Verde de todos os tempos! Agora, Hal Jordan e seus companheiros da Tropa vão encarar o maior desafio de suas vidas… Começa a Guerra dos Anéis! Acompanhe esta incrível batalha na nova revista mensal

A Guerra dos Anéis: Prólogo – O Segundo Renascimento: Sinceramente? A melhor revista e a melhora saga do ano de 2008! O prólogo já mostra que a saga dos aneís não é brincadeira e veio para alterar o universo dos Lanternas-Verdes. Tem elementos de sobra de tudo que vinha acontecendo há meses no Universo DC. Sinestro conseguiu forma uma tropa de Lanternas com anéis amarelos, podendo utilizar força letal – são vilões oras -, coisa que os Lanternas-Verdes não podem. Temos Íon sendo capturado e virando um novo vilão ao se misturar com Paralax, aquela mesma criatura que por anos retirou Hal Jordan do universo DC. Temos o Superboy primordial assassino e psicótico, aquele que matou um monte de heróis em Crise Infinita, incluindo Connor Kent, fugindo da prisão de OA – assustador isso inclusive. E temos lanternas-verdes morrendo aos montes logo no prólogo. E para a coisa ficar mais aterrorizante, Anti-Monitor, aquele que destruiu o multiverso e Superciborgue, são aliados da nova Tropa Sinestro. Sinceramente, uma saga arrasadora, com belíssimos desenhos, muita ação e que é impossível de achar que não vai causar grandes reformulações no Universo de OA, da Tropa dos Lanternas e do Universo inteiro da DC.

A Guerra dos Anéis: Capítulo 1 – Medo & Desprezo: A batalha no Prólogo foi violenta e trouxe inúmeras baxias, além da perde de Kyle da tropa. Os guardiões de OA começam a discutir uma profecia antiga que mostra o fim da Tropa. Hal Jordan recebe a missão de juntar o grupo de lanternas que sobraram vivos e partir para Qward, QG da Tropa Sinestro para regastar Kyle. Hal Jordan vs Íon-Paralax, ho ho ho, momento empolgante.

A Guerra dos Anéis: Capítulo 2 – Tempestado no Horizonte: A batalha pela extinção da tropa segue por todo o espaço. Os desenhos de lanternas sendo mortos e destroçados é de arrepiar. Enquanto isso, em Korugar, terra natal de Soranik Natu, Lanterna-Verde e de Sinestro, ambos se encontram para uma batalha na qual Soranik não pode vencer. Em paralelo Stel e Homem-Verde, outros lanternas famosos seguem rumo a Mogo, o planeta lanterna que de forma alguma pode ser destruido – senão a tropa cairá em ruína. E Kilowog finalmente parte de OA com seu grupo para GUERRA!!

Sensacional!!! A Melhor revista do ANO de 2008!! Amanhã, coloco no ar o review da segunda edição!

Read Full Post »

Faz anos que Homem-Aranha vem ganhando jogos horrendos. Uma reciclagem em cima de outra reciclagem. Com missões repetitivas e que pouco acresciam a franquia. Web of Shadow veio para melhorar um pouco a qualidade da franquia. Sem a carga de ser baseado num filme, a produtora pode muito bem relaxar e fazer um game mais divertido do Aranha consertando vários erros dos games anteriores. Ainda não chegou na fórmula perfeita óbviamente, entretanto, pela primeira vez em anos, temos um game do Aranha que vela a pena ser jogado. Clique em “mais” e continue lendo!

(mais…)

Read Full Post »

Sinopse Panini: Os Quatro Cavaleiros do Apocalipse emergem das cinzas com poderes jamais vistos. O terror começa! Adão Negro – A Era das Trevas: um confronto explosivo entre Teth-Adam e Gavião Negro toma os céus de St. Roch!

Os Quatro Cavaleiros do Apocalipse – Cavaleiros renascem! & Cerco, Parte 3 & 4: A premissa e a idéia era boa, mas a execução decepciona demais. São quase 50 páginas onde de enrolação e blá blá blá, principalmente na terceira parte da história. Para se ter uma idéia, o novo confronto entre Batman e Superman contra os Cavaleiros só acontece na página 20 da revista, entes disso temos um debate entre os 3 heróis da DC para ver qual ação tomar. Mulher Maravilha parte para Ilhas OOoong e acaba ficando presa por lá e terá que enfrentar um dos Cavaleiros por lá. Enquanto isso Superman está um tanto impotente contra um dos Cavaleiros já que ele foi mordido na edição anterior e contraiu uma doença. Batman também está sozinho contra um poderoso Cavaleiro, mas a conclusão da briga só na próxima edição. Enquanto isso O Cavaleiro da Morte está tramando algo. Enfim, se você não se importam com cenas demais de discussão e pouca briga, vale a pena.

Adão Negro: A Era das Trevas – Parte 3 & 4: As outras 2 histórias da revista são melhores. A saga do Adão Negro é otima. Belas lutas, tem uma boa motivação e as peças que forma uma boa história estão equilibradas, inclusive o traço. A luta contra Gavião Negro empolga e deixa a Liga da Justiça com a orelha em pé. Na parte 4 temos um momento bacana quando Adão Negro na sua forma humana é baleado e precisa ir numa clínica veterinária, essa parte da história é demais. no fim, 2 dos 4 pedaços do anel para reviver Ísis já estão em posse do anti-herói. Na próxima edição as conclusões de ambos os arcos e a expectativa dos próximos!

Read Full Post »

Older Posts »