Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Review DC Comics’ Category

Sinopse Panini: A Ressurreição de Ra’s Al Ghul: dado como morto há muito tempo, o gênio terrorista conhecido como Cabeça do Demônio não só voltou da morte, mas também almeja transferir sua alma para o corpo mais jovem de Damian, o filho de Batman com Tália, e com isso, executar seus ambiciosos planos. Para salvar o garoto, Robin e Asa Noturna podem ficar em maus lençóis e o Homem-Morcego se verá numa arriscada missão em Nanda Parbat!

Ressurreição de Ra’s Al Ghul – O despertar de Lázaro, Prelúdio: Ra’s Al Ghul está de volta. O sacrifício do Fantamas Branco na edição passada deu certo. Um dos mais mortais vilões de Batman está de volta. A ressurreição deu parcialmente errada e o corpo do Fantasma não aguentará Ra’s por muito tempo. É preciso do corpo de Damian, o filho de Bruce Wayne Talia, filha do vilão. A primeira história da revista mostra Batman ainda procurando, na Asia, provas reais de que Ra’s voltou. Enquanto, Ra’s, num traje de múmia, literalmente, encontra Talia e Damian. A conversa familiar não ocorre do jeito que Ra’s esperava, Damian, vestido com um traje de Robin, que Batman deu para ele em sagas anteriores, não tem a menor intenção de ceder seu corpo ao avô. A porradaria entre Damian e a Liga de Assassinos come solta e a primeira parte terminar com Damian fugindo.

Ressurreição de Ra’s Al Ghul – Um garoto para o demônio, Parte 1: Damian, da Asia para Gotham, chega a Batcaverna e lá encontra Tim Drake, o filho adotivo de Batman e atual Robin. Damian é um garoto explosivo, então fica claro que ambos vão trocar sopapos. Tim perde, é mole? Alfred acalma Damian. Enquanto isso Batman encontra Talia, que foi aprisionada por Ra’s. Enquanto isso as coisas continuam descontroladas na mansão Wayne. O capítulo termina com a mansão sendo invadida por incontáveis membros da Liga dos Assassinos, sobre ordem de matar todos dentro dela, menos Damian. Está aí, algo que não acontece com frequencia nos arcos do Batman. Sensacional!

Ressurreição de Ra’s Al Ghul – O menor de dois males, Parte 2: A situação parece fora de controle. Batman pede para que Dick Grayson, o Asa Noturna, use o teletransporte da Liga da Justiça e vá imediatamente para a mansão ajudar Robin, Damian e Alfred. A cena com Alfred e um Ninja na janela da mansão é louca. Enquanto isso Batman e Talia estão no Tibete atrás do moribundo Ra’s. O vilão está a caminho, ou pelo menos tentando, de Nanda Parbat, o monastério monge meio mágico no universo da DC. Mas a grande graça desse capítulo é mesmo a invasão na mansão. A coisa toma proporções realmente perigosas e Robin e Damian são levados pela Liga.

Ressurreição de Ra’s Al Ghul – “Sem subtítulo”, Parte 3: Em algum lugar do Tibete encontramos Damian e Robin frente a frente de Ra’s. Tim precisa ser cauteloso, já que Ra’s só quer Damian e ele não tem valor algum para ter sua vida preservada. Ra’s oferece uma chance a Tim, fazendo a proposta de uma aliança, dizendo que pode trazer os pais de Tim de volta a vida. Enquanto isso começa a correria para ver quem chega primeiro no esconderijo do vilão. Dick e Alfred chegam ao Tibete num Jato. Batman que já estava por lá acaba chegando antes ao local onde Ra’s está. O capítulo termina com Ra’s ameaçando matar um dos filhos do Batman. Tim ou Damian.

————————————–

Sinopse Panini: Para salvar Damian e Robin, o Homem-Morcego aceita conduzir Ra’s Al Ghul a Nanda Parbat, onde o gênio criminoso poderá restaurar seu corpo envenenado e putrefato. Mas no caminho da dupla se encontra Sensei, o qual, junto a alguns dos mais dedicados criminosos que compõem a Liga dos Assassinos, almeja destruir o Cabeça do Demônio para sempre. Enquanto isso, o Menino-Prodígio deve decidir se aceita a oferta de Ra’s ou se mantém sua integridade.

Ressurreição de Ra’s Al Ghul – Aquele que é o mestre, Parte 4: Batman faz um acordo com Ra’s e o levará até Nanda Parbat. Enquanto isso Sensei, outro inimigo de Batman e Ra’s já está no local. Nanda Parbat detém o último poço de Lázaro da Terra. Sensei acaba se revelando ser pai de Ra’s e que acredita veemente que Ra’s não merece outra chance e que ele agora irá lidarar a Liga dos Assassinos. Porrada entre Batman, Ra’s e Sensei. Ra’s cae. Batman apanha muito, braço quebrado, barriga perfurada, mas no fim acaba ganhando do pai de Ra’s. Enquanto isso o vilão toma o corpo de um monge e está indo em direção ao Poço.

Ressurreição de Ra’s Al Ghul – “Sem título”, Parte 5: A quinta e sexta parte segue uma história meio paralela ao acontecimentos em volta de Ra’s. Tim fica tentado a aceitar a oferta de Ra’s. Ele, Damian e Talia dão um jeito e fogem da Liga dos Assassinos na base da porrada. Mas Tim retornar e diz que aceita o acorto de aliança. Depois de um tempo Damian também decide retornar, mas isso veremos depois. Conversa vai, conversa vem, o capítulo acaba com Tim frente a frente ao poço de Lázaro e Asa chegando para impedir que ele faça alguma besteira.

Ressurreição de Ra’s Al Ghul – Prova Viva, Parte 6: Porrada come solta entre Robin e Asa Noturna. Muito debate do que é certo ou errado. No fim das contas Tim se arrepende de tudo. Hora de reunir todo mundo para o combate final.

Ressurreição de Ra’s Al Ghul – Direito Nefasto, Parte Final!: O final não chega a ser algo fácil de engolir. Batman não deixa Ra’s chegar perto de Damian. O corpo de Ra’s já não aguenta o combate com o morcego. Os reforços, Talia, Alfred, Robin e Asa Noturna chegam para o combate. Ra’s foge e um filho bastardo do vilão, jamais reconhecido como filho, que era apenas um servo fiel surge na trama e cede sua vida a Ra’s. Bah, fala sério. Claro que a mega saga do renascimento de Ra’s não podia terminar sem um duelo entre ele e Batman, agora de igual para igual. Mas antes que alguém matasse alguém, os Monges de Nanda Parbat resolve reagir e prometem explodir tudo se todos não sairem imediatamente do monastério. Todos foram banidos do local e acabaram se separando na fuga. Fim da Ressurreição de Ra’s Al Ghul. Pelo menos por ora…

————————————–

Sinopse Panini: Batman: o Homem-Morcego se livra definitivamente do Cabeça do Demônio! E, em outra aventura, surge um misterioso assassino trajado como Batman e determinado a eliminar o herói. O pior… o maníaco pode conseguir concretizar seu intento. Mulher-Gato: buscando solucionar seus problemas, Selina toma uma decisão que alterará sua vida para sempre, deixando terríveis marcas. Em seguida, a felina mascarada encontra um adversário que pode ser o seu fim.

Batman – A Ressurreição de Ra’s Al Ghul, Epílogo: E aqui temos o real final da saga de Ra’s Al Ghul. Bem melhor que o da edição passada. Após os eventos de Nanda Parbat, Ra’s ainda tem a coragem de aparecer em Gotham e sobre o pretexto de querer dominar a cidade. Faz de conta que não é para provocar Batman. Ambos se esbarram, trocam insultos, Ra’s foge. Batman o caça, o derrota e ainda consegue prender o bandido em Arkham sobre uma identidade falsa e com um remédio que o deixa sem comunicação ou mobilidade. Batman sabe ser cruel para um herói que não mata. Um final ótimo para Ra’s Al Ghul. Mas ainda precisam inventar o que fazer com Damian, que alias não deu as caras nesta história.

Mulher-Gato – O Crime Compensa, Parte 1: Selina está de volta depois de uma breve pausa na revista do Batman. E agora as histórias da personagem prometem algumas reviravoltas interessantes. Primeiro a grande notícia: A filhinha de Selina foi entregue para adoção, de forma secreta e sigilosa de modo que ninguém no mundo seja possível rastrear a criança, nem mesmo Selina. Só Bruce Wayne. E este arco começa com Selina conversando com Zatanna para decidir se ela deve apagar a filha de suas memórias. História tocante. No fim Zatanna não faz nada a não ser consolar a pobre mãe. Selina volta para seu apartamento e após uma soneca mágica de Zatanna, acorda em meio a um apartamento vazio. Tudo que estava dentro de seu apartamento foi roubado. TUDO. Aí ela escuta um Tic-Tac, e aí você já sabe. Tudo explode. Selina consegue escapar.

Mulher-Gato – O Crime Compensa, Parte 2: Alguém está definitivamente brincando com Selina. Sem a roupa de mulher-gato, ela vai para um outro esconderijo dela pegar uma extra e descobre que também roubaram. Quem está por trás de tudo isso e como sabia tanto sobre ela? Selina acaba indo para o Calculador tentar uma pista. Calculador não abre o bico, mas revela onde Selina pode conseguir uma de suas antigas máscaras. Depois de invadir uma casa de um ricaço que colecionava coisas de herois, ela volta ao Calculador e arranca dele uma pista de onde achar o responsável por tudo. A história gira, ela obviamente percebe que foi parar numa armadilha, porrada dentro de um bar, ela se sente zonza, o Calculador a drogou sem que ela percebesse antes de sair, e agora as coisas estão de mal a pior. Continua na próxima edição.

Batman – Medicina Espacial: A história que fecha a revista é um pouco problemática porque revisita acontecimentos de meses atrás como se fosse ontem. Alguém se lembra daquele “Batman Bane” que detonou o morcego algumas edições atrás? Pois então, nesta um outro Batman mascarado surge atacando a delegacia de Gotham. Supostamente um ex-policial que acabou ficando meio maluco. As coisas correm para o terraço da delegacia. Jim leva um tiro, mas se ela não estiver com colete, merece morrer pela burrice. Batman também toma um tiro no peito e acaba infartando com o impacto. As coisas ficam bizarras quando um mini-Batman surge na última página. Hein? Só na próxima edição agora.

Anúncios

Read Full Post »

Sinopse Panini: Quando tudo parece perdido para a Liga da Justiça, eis que os reforços chegam para salvar a pátria! SJA: Wally e Jay investigam o paradeiro da Terra-22 enquanto o Superman busca um lugar em nosso mundo. Mulher-Maravilha: Diana luta contra o Capitão Nazista. Na Ilha Paraíso, Hipólita se vê diante das forças supremacistas! Flash: Jai passa por uma assombrosa transformação ao mesmo tempo em que os invasores aquáticos surgem novamente.

Liga da Justiça, Sem Limtes: A Hora da Verdade – Conclusão: Lex e sua Liga da Injustiça Sem Limites derrotou a Liga da Justiça na última edição desta saga e estava prestes a matar o Superman. Situação Clichê, mas tudo bem. Nuclear, aquele que foi espancado no início deste arco chega para libertar a Liga. Porrada por todas as páginas. Tudo mundo derrotado pelos heróis. Amanda Waller chega e leva todos os criminosos. Batman manda Nuclear se juntar a Liga. Fim. Já vi arcos melhores da Liga. Ficaria bacana num desenho animado este arco, mas numa HQ… eu preciso de mais conteúdo pra gostar.

Flash, Os Tornados Gêmeos: No Lmite – Parte 4: A saga dos novos filhos do Flash está ficando meio longa, mas tudo bem, as histórias não estão ruins. E como a galeria de Vilões estão presos por matarem Bart Allen, não dava mesmo para fazer algo diferente. Nesta edição Flash aprende a acessar a aura de sua força de aceleração com a de sesu filhos e pode trazer eles sempre para perto da sua presença indepentende de onde eles estiverem. Isso resolve o problema deles se perderem em alguma missão. Enquanto isso Jai descobre como vibrar seus genes de modo que eles viagem no tempo e causa mutações no garoto. Isso não é necessariamente bom, mas Lisa, a esposa de Flash, promete cuidar disso. A história termina com a Liga informando a Wally que descobriu como chegar aos invasores que invadiram Keystone City na edição passada.

Flash, Vida Acelerada: Os Allen – Parte 2: A mini-saga continua mostrando a vinda dos Flashs a Savoth, uma realidade alternativa. Desta vez Barry e Ires West chegam ao lugar, salvam de mais um perigo iminente e pronto. Na realidade esta saga só vai fazer realmente sentido mais a frente.

Mulher-Maravilha, O Círculo: Paraíso Invadido – Parte 2: A história sobre o passado da ilha das Amazonas continua. É mostrado um pouco como bebês não eram bem vistos na cultura das Amazonas e como as mulherem que “enlouqueciam” pelo desejo da maternidade eram assassinadas pela tropa de elite da rainha. Enquanto isso Diana descobre, através do Capitão Nazista, que Themyscira será invadida e sua mãe morta. Diana viaja por alguns deuses até que algum aceite levar ela a ilha das Amazonas, que está escondido no mundo devido aos acontecimentos da saga O Ataque das Amazonas. Enquanto isso na ilha, a mãe de Diana enfrente os soldados do Cap. Nazista. E alguns soldados encontram a tal tropa de elite da rainha presas. Elas são soltas para caçar e assassinar a rainha. Por que? Só na próxima edição.

Sociedade da Justiça, O Reino do Amanhã: A Segunda Vinda – Parte 2: O melhor arco existente na Liga da Justiça atual. Mas acontece coisas demais para descrever aqui. Jay e Wally tentam chegar no Universo 2, de onde vem o Superman do Reino do Amanhã, mas eles não encontram nada e ainda detonam a esteira cósmica que usam para viajar entre os universos. A Liga confirma que o tal Superman é quem diz ser. Poderosa anda meio deprimida depois que o Superman de seu mundo morreu no fim de Crise Infinita e Mestra Judoca entra para a Sociedade da Justiça, após uma batalha contra alguns vilões bizarros. E o Mr. America segue investigando alguém que vem assassinando supostos Novos Deuses. Esse arco é sensacional demais. A Sociedade da Justiça vem dando um show de histórias desde o fim de Crise Infinita e os desenhos são fenomenais.

————————————

Sinopse Panini: Atendendo a uma emergência da polícia, três integrantes da Liga da Justiça se vêem diante de um insólito. Flash: Wally reúne alguns companheiros da LJA e parte pra atacar a base dos invasores subaquáticos. Mas nem tudo é o que parece… Mulher-Maravilha: Diana chega à Ilha Paraíso… os nazistas vão se arrepender por tudo o que fizeram! SJA: enquanto recrutam novos heróis, os membros da Sociedade se surpreendem com a aparição do novo Mr. América!

Liga da Justiça – Uma Breve Tangente: A história a seguir da Liga é curta mas complicadinha. Na Saga de Íon que aconteceu na revista Melhores do Mundo, Kyle achou uma Lanterna Verde de papel que era um portal para uma realidade paralela. Ela suga uma pessoa do universo e troca por outra. Estes herois de outro universo já se demonstraram hostis na saga de Íon. Guy guardou essa lanterna num depósito na Terra e ela agora foi encontrando por 2 desocupados. Elektron de outra realidade surge, a Liga da Justiça chega, resolve toda a parada. Hilário ver Guy desligando a comunicação na cara do John porque ele estava ocupado. Mais hilário ainda é ver Canário retornando a ligação e esculachando Guy. No fim a história serve para um único propósito: Ninguém reparou que a lanterna dimensional trocou uma outra pessoa e uma Flash, sim no feminino, está solta na Terra. Mas isso fica para outro dia segundo os roteiristas.

Liga da Justiça – Sopão da Solidariedade: Uma história natalina com o Arqueiro Vermelho. Nada demais. Ele encontrando um velho vilão de seu passado e que agora é um mendingo. Esse cara vai ter importancia, mas não aqui.

Mulher-Maravilha, O Círculo: A Fonte de Toda a Vingança – Parte 3: Aqui começa a ficar bem mais interessante o arco. No passado é mostrando como a Rainha ganha dos Deuses Diana e como a Tropa especial da rainha planeja assassinar o Bebê. No presente, Diana chega a ilha para ajudar sua mãe mas é tarde demais. A Rainha foi atinginda gravemente. A narração, os desenhos e a seguência de quadros ficou muito boa aqui, deixando esta parte da história bem empolgante.

Flash, Os Tornados Gêmeos: Contra-Ataque – Parte 5: Hora de contra atacar os alienígenas d’água que deram início a saga dos Tornados Gêmeos. Um grupo parcial da liga segue para a dimensão deles, junto com Flash. Lá tem início uma batalha que segue por algumas páginas até Wally percebem que se trata de uma ilusão. Mas a Liga da Justiça não desperta do feitiço. Flash retorna a Keystone para descobrir a sua cidade invadida pelos seres. Cabe a ele e seus filhos combater os invasores mais um vez e ainda decidir como resolve a situação com a Liga que ficou em outra dimensão. Mas isso só na próxima edição.

Flash, Vida Acelerada: Bart, Parte 3: Impulso, Bart Allen chega a Savoth. Aqui tem umas tiradas legais com o herói mirim, típico das histórias de Bart, ele salva Savoth de uma nova ameaça, o problema é que isso terá repercussões no futuro…

Sociedade da Justiça, Reino do Amanhã: Novos Recrutas – Parte 3: Outra fantástica história da Sociedade, mostrando que para uma boa história não é precisa de Batman e os personagens convencionais da DC. Aqui basicamente temos o recrutamente de mais novatos para o grupo que quer se especializar em treinar jovens herois. O grupo já tem tantos integrantes que fica difícil tentar listá-los. Uma pausa momentanea na saga do Superman do Reino de Amanhã. Termina com o Mr. América chegando ao QG da SJA todo arrebentado. Cotninua na próxima edição.

———————————————-

Sinopse Panini: Perseguidos por operativos de uma agência federal, alguns supervilões acabam tendo de recorrer à Liga da Justiça para tentar sobreviver. Mulher-Maravilha: Diana encara as guarda-costas de Hipólita em um combate decisivo na Ilha Paraíso! Flash: para salvar o mundo, Wally precisa da ajuda de toda a sua família… e de alguns amigos. SJA: enquanto a equipe analisa as informações fornecidas pelo Mr. América, dois Homens de Aço lutam contra Hércules.

Liga da Justiça, Asilo – Parte 1: História diretamente interligada com os acontecimentos de Planeta dos Condenados que ainda não chegou as bancas. Um grupo de vilões relé pastam para conseguir chegar até o QG da Liga da Justiça para pedir asilo contra o Esquadrão Suicida, grupo de Amanda Weller que está colocando todos os bandidos num planeta-prisão. Enquanto isso a própria Liga faz suas indagações a respeito do que o governo vem fazendo com os vilões.

Liga da Justiça – Enquanto isso na cozinha… : Um dos mistérios bacana do atual universo DC é a respeito dos poderes de Víxen que não conseguem mais extrair de animais, somente de heróis. Mas ela estranha ao notar que consegue extrair a habilidade de mira do Arqueiro Vermelho, já que isso não é exatamente um super poder causado por algum gene no DNA. Sendo Assim ambos chamam Hal Jordan e Víxen consegue do nada recriar um anel de Lanterna -Verde só de ficar perto de Hal. O_o Continua…

Mulher-Maravilha, O Círculo: A Hora da Vingança – Conclusão: No passado a tropa especial da rainha falha em assassinar o bebê Diana e são presas, onde ficam até serem soltas no presente desta saga. Diana tem agora que salvar sua mãe, que está ferida, de tal tropa. Claro que ela vence, não tão fácil como os leitores poderiam esperar, mas vence. Alcione, a líder da tropa amazona, acaba fugindo pelo mar. A mãe de Diana é salva. E a própria Diana prova a todos que é uma Amazona legítima.

Flash, Os Tornados Gêmeos: Separação – Conclusão: A conclusão desta saga está inteiramente ligada com a mini-saga de Savoth, Vida Acelerada, que vem acontecendo junto com esta saga. Antes disso Flash percebe que precisa salvar a Liga o quanto antes da dimensão dos invasores, para isso manda seus filhos para lá para quebrar o transe dos heróis. Funciona. Após isso Flash descobre que os invasores são causados pelo que Bart Allen fez em Savoth e que o elo dimensional entre a dimensão destes seres, Savoth e Terra estão todos interligados. Só resta uma opção, quebrar o emblema que permite Flash viajar por Savoth e nunca mais voltar para o que é chamado de Lar dos Flashes. Feito isso, todos os invasores voltam ao próprio mundo.

Flash, Vida Acelerada: Lisa – Conclusão: A conclusão de vida acelerada mostra Flash e Lisa chegando a Savoth após o fim de Crise Infinita e finalmente é narrado os eventos que mostram porque Flash sumiu por tanto tempo e como Lisa aprendeu tanto a tratar seus filhos com tecnologia de Savoth. Muito se perdeu agora que Savoth não pode mais ser acessado por Flash…

Sociedade da Justiça, Reino do Amanhã: Super-Homens, Parte 4: Começa a busca pelo suposto assassino de Novos Deuses. Provavelmente não é o mesmo que está em Nova Geneses em Preludio para a Crise Final, mas um copiador muito podereso. E pode estar ligado a vindo do Superman do Reino do Amanhã ao universo atual da DC. Interessante ver Superman do Reino narrando os eventos que matou Lois, Jimmy e Perry em seu universo pelo Coringa. Um ser chamado Gog que esta por trás de tudo ainda não foi capturado. Temos que esperar pela próxima edição.

Read Full Post »

Hoje é feriado aqui na minha cidade. Então vou aproveitar para colocar os reviews dos quadrinhos da DC em dia, pois estão atrasadões.

Sinopse Panini: A chegada de uma nova forma de kryptonita vai tirar o sossego de Superman & Batman. Participação especial de Zatanna! O Bravo e o Audaz: a conclusão de Os Donos da Sorte. Batman encara a Legião dos Super-Heróis e Supergirl encontra Lanterna Verde e Adam Strange! E ainda: os segredos do Livro do Destino são revelados! Arqueiro Verde & Canário Negro: estréia da nova série! Descubra o que de fato aconteceu para tornar o casamento de Dinah uma triste lembrança!

Superman & Batman – K: Variantes, Capítulo 3: A terceira parte do arco que promete exterminar de vez a Kriptonita do planeta chega numa fase curiosa. Hora de recolher as kriptonitas coloridas. Não são muitas, mas ainda assim representam um risco para o Superman. O fato é que Batman e Superman não encontram muitos desafios até achar uma nova variante de Kriptonita: Prateada. Na realidade essa Kriptonita estava envolva num amuleto místico e magia é outro dos pontos fracos do Superman. Quando afetada o Super passa a ver todas as pessoas como desenhos animados e fica extremamente infantil. Bizarro. Zatanna e Batman resolve tudo no fim.

O Bravo e o Audaz – Os donos da sorte: O Batman do amanhã, Capítulo 5: Batman no século 31 encontrando a Legião dos Super-Herois tem seus momentos bacanas. Primeiramente a Legião resolveu o problema do Ciborgue, Tharok, fundido ao corpo do Batman, que ocorreu na edição passada. Como viagens no tempo sempre são complicadas, Batman está emitindo energia que pode abrir fendas temporais e ainda não pode ser mandado de volta ao seu tempo. O morcego resolve fazer as coisas do seu jeito, rouba um anel de vôo da Legião e foge do grupo. Enquanto isso no presente, Hal Jordan, Adam Strange e Supergirl finalmente encontram o livro do destino, pena que os bruxos chamados Donos da Sorte também. Enquanto isso, 1.000 no futuro, Batman continua fugindo da Legião até que os Donos da Sorte aparecem e com o livro do destino em mãos.

O Bravo e o Audaz – Os donos da sorte: A moça que sabia demais, Capítulo Final: Histórias com viagens no tempo são sempre difícieis de serem engolidas. O capítulo final de Donos da Sorte é cheio de bizarrices devido a enorme dificuldades de manipulação de enredo. Primeiro os Donos da Sorte matam Hal, Supergirl e Adam e reinam no planeta por 1.000 anos. Até massacram e matar muitos legionários para chegar a Batman. Mas antes de Batman morrer, Hal, Adam e Supergirl conseguem trazer Batman ao passado. Tudo isso graças a decisão da Supergirl de ler o Livro do Destino e conseguiu alterar o destino do trio de herois. Batman no presente tem a idéia de chamar o grupo de pessoas chamados como Os Desafiadores do Destino. 4 pessoas que escaparam da morte certa e estão vivendo um tempo extra. Os 4 não aparecem no livro do destino, o que significa que numa guerra, eles são essenciais para causar imprevisibilidade em quem tiver a posse do livro. Assim os Donos da Sorte caem, o presente e o futuro são salvos e agora cabe aos Desafiadores do Destino tomar a posse do Livro e descobrir o que fazer com o mesmo e quem é a figura que pode ter desencadeado todos estes eventos. Final complicado, mas ainda assim o sufiente para ser bacana.

Arqueiro Verde & Canário Negro – Voltar a morrer: Lá vem a noiva…, Parte 1: Oliver Green morreu ou não? Dinnah acha que não e está socando todos os bandidos pela cidade em busca de respostas. E não está sendo tão boazinha assim com os maus elementos. Todo mundo já examinou o corpo de Oliver e todas as análises indicam que é realmente o corpo do Arqueiro-Verde. Até Batman e Dr. Meia-Noite descobrirem que se trata de um transmorfo. Mas e agora? O que aconteceu com Oliver Green? Dinnah mata a charada sozinha. Atena e as amazonas estão com Oliver na ilha de Themyscira. Continua na próxima edição.

————————————

Sinopse Panini: A busca por kryptonita leva Superman & Batman até uma instalação secreta do governo dos Estados Unidos! Mas por que o País que Kal-El tanto defende estaria interessado em eliminá-lo? A imprevisível Amanda Waller pode ter a resposta! O Bravo e o Audaz: Mulher-Maravilha e Poderosa! Flash e a Patrulha do Destino! Arqueiro Verde e Canário Negro: começa o resgate de Ollie! Dinah, Ricardita e Connor Hawke vão até Themyscira, uma ilha repleta de guerreiras nada amistosas!

Superman & Batman – K: A última linha de defesa, Capítulo 4: Bruce e Clark continuam em busca de todas as Kriptonitas espalhadas pelo planeta. Não falta muito agora, mas a pedra de Krypton continua aparecendo. Um depósito submerso no meio do nada, rodeado por chumbo é encontrado. Soldados armados com armaduras e armas de Kriptonidas surgem. Um dos maiores temores do Super ocorre: Os Estados Unidos é dono do armazém e vem treinando soldados para agira contra o herói caso ele pire de novo. Quem comanda a operação, é claro, é Amanda Waller. Batman é capturado, Superman toma uma surro e um Apocalipse de Kriptonita encerra a quarta parte da saga.

O Bravo e o Audaz – Bisturis e Serras Elétricas: Megistus, pode se acostumar a este nome, pois é ele que irá agir por trás de todas as histórias de O Bravo e o Audaz a partir de agora. Mulher-Maravilha e Poderosa são as protagonistas da aventura. A história é bacana, mostra 2 personagens que não são tão conhecidas por trabalhar juntas e tem alguns problemas para trabalhar em equipe. Poderosa é um pouco impulsiva e isso deixa Diana um tanto nervosa. O vilão é o Dr. Alquimia que está sendo controlado pelos fundos por Megistus. Em determinado ponto da aventura Poderosa acaba sendo controlado pelo vilão e a Fortaleza da Solidão se transforma por completo em Kriptonita vermelha co o Supermand dentro dela. Diana chega com sua nave invisível derrubando toda a fortaleza, e acaba salvando Superman e Poderosa. Mas a história deixa em aberto quais eram os objetivos de Megistus e porque atingir o Superman com Kriptonita vermelha. Isso fica para uma proxima história.

O Bravo e o Audaz – A escolha de Wally: Está história de Bravo e Audaz é mais bacana que a anterior. Ela segue num estilo mais mal-assombrado. Típico de histórias de monstro. A Patrulha do Destino é um grupinho de história bem macabro mesmo, vivem até numa Mansão que parece mal-assombrada. Prof. Caulder, líde da Patrulha, acredita que pode resolver o problema de crescimento acelerado dos filhos de Wally West. A trama está ligada ao fundo com as histórias de Flash, que agora tem 2 filhos e ambos estão crescendo de forma rápida demais e há o risco que eles morram a qualquer momento se isso não for contido. É meio óbvio que essa trama não seria resolvida numa revista paralela à do Flash, por isso a história segue mais o ritmo de história assombrada, com os filhos do herois tomando sustos na mansão da Patrulha. Para o experimento dar certo foi preciso da ajuda de Metamorfo do grupo renegados que surge para dar uma força. O experimento daria certo se no meio dele, Metaformo não desaparecesse misteriosamente. Com isso a experimento se tornou instável e por alguns segundos, Wally teve que pensar em escolher salvar apenas um de seus filhos. Felizmente acabou não sendo preciso com a ajuda do robô Cliff e do Homem Negativo que cederam seus corpos as crianças temporariamente. A história termina quase do mesmo jeito que começou, mas Wally ficou pertubado porque naqueles segundo que precisava escolher um dos filhos, ele chegou a escolher qual viveria e qual morreria. E tudo isso aconteceu porque Megistus sequestrou Rex, o Metamorfo. Por que? Só mais a frente.

Arqueiro Verde & Canário Negro – Voltar a morrer: O pelado e as não tão mortas, Parte 2: Rá, Oliver Queen é sempre um personagem bacana e que funciona muito bem nos gibis. Ele conseguiu fugir da prisão das amazonas, peladão, e a história começa com ele corrento no meio da mata e com as guerreiras atrás dele. Hilário. Enquanto isso Dinnah, Mia e Connor, filhos de Oliver, chegam a Ilha. Connor escondido é claro, afinal a Ilha só permite a entrada de mulheres. Enquanto Canário e Mia distraem Atena, Connor segue para ajudar Oliver. O melhor da história são as piadas. No fim, Atena deseja que Dinnah se torne uma amazona e oferece um teste a heroina, enquanto isso, Connor e Oliver são novamente encurralados pelas Amazonas na segunda tentativa de fuga. Continua na próxima edição. XD

————————————————

Sinopse Panini: Superman & Batman enfrentam a fúria ilimitada de Apocalypse! Mas será o vilão quem Kal-El e Bruce estão pensando? O Bravo e o Audaz: Gavião Negro, Eléktron, Homens Metálicos, Superman, Aquaman, Turma Titã… E um grande mistério para os Desafiadores do Desconhecido! Arqueiro Verde e Canário Negro: uma arena mortal para Dinah. Um exército de amazonas para Connor e Ollie. Chegou a hora da fuga da Ilha Paraíso!

Superman & Batman – K: Patriota, capítulo 5: A luta contra Apocalise de Kriptonita é feroz. Mas Clark entra em desespero quando a batalha chega a Smallville e o herói não conseguirá conter a fera sem causar destruição. Não tem como. É realmente agonizando ver Smallville sendo demolida aos poucos pela batalha contra o monstro. Deter a fera é impossível, pelos menos para o Superman. A primeira versão de Apocalipse o matou, e esta nova é recheada de Kriptonita. A história é realmente excelente e o melhor do arco até agora. Batman continua no depósito do governo preso por Amanda Waller. Mas é claro que isso é apenas um contratempo temporário ao detetive. Ele escapa e ainda convence um soldado a ajudá-lo a deter Apocalipse. Não antes é claro de jogar a batnave inteira em cima da fera. Batman manda geral mesmo. A fera foi acalmada e contida. O problema é a descoberta de onde veio toda essa Kriptonita utilizada pelo governo: Lexcorp. A empresa que atualmente é controlada por Lana Lang. Na próxima edição a conclusão do arco.

O Bravo e o Audaz – Tempo de Mudança, parte 1: O livro do destino tornou forma corpórea. Virou tecnicamente um montro feito de páginas com histórias de todos os tempos. E agora está atacando os Desafiadores do Destino, que estavam com a posse do mesmo. Enqaunto eles tentam sobreviver, o livro passa contar histórias curtas. Sempre envolvendo Megistus. Nesta primeira parte temos três histórias. Na primeira com os Homens Metálicos e um garoto com poderes chamado Robby Reed, o tal ser ou coisa, quer o dispositivo de Robby que dá ao rapaz superpoderes. Na segunda o grupo Falcão Negro se une ao Comando Juvenil e acabam se encontrando com algumas múmias controladas por Megistus, que estava atrás de uma Orbe mística dentro de uma pirâmide. E na última história O novo Eléktron e Gavião Negro combatem o Mago de YS que está sendo controlado por Megistus para obter alguns mapas estelares antigos. No fim algo traga o Mago para uma das páginas do livro. Continua a seguir…

O Bravo e o Audaz – Tempo de Mudança, parte 2: A batalha pelo livro corpóreo continua no QG dos Desafiadores do Destino. Eles conseguem deter a bizarrice. O livro está basicamente destroçado e o Mago de YS cai dele. Uma página acaba se destacando e os Desafiadores do Destino partem para rumo ao local onde algo pode acontecer. Enquanto isso, mais 2 histórias do livro. Uma história com Superman e o Cavalerio Silencioso no passado, onde ambos buscam ajuda mútua para destruir um amuleto sagrado que está preso num Dragão dentro de uma floresta mágia. Bacana tanto os desenhos como o enredo. A outra, também do passado, envolve Aquaman e a Turma Titã contra um feiticeiro que está tentando roubar os poderes latentes que Aqualad ainda não manifestou. Bem estranha, mas também com um humor legal. Voltando ao presente, os Desafiadores do Destino chegam à Base Aérea de Edwards, aonde Hal Jordan pilota seu jato. A base foi devastada. O grupo parte para achar a Lanterna de Hal e a encontram em um armário. Quando de repente surge Metamorfo controlado por Megistus. A história para por aqui e continua na próxima edição.

Arqueiro Verde & Canário Negro – Voltar a morrer: Bater ou Correr, correr, correr!, Parte 3: As coisas apesar de complicadas em Themyscira continuam dando resultados. Dinah se sai bem na arena enquanto enrola Atena e Connor e Oliver apesar dos problemas conseguem chegar ao barco. Dinah ainda consegue arranjar um tempo extra para fazer Atena admitir que ela estava realment epor trás disso e queria que Dinah se tornasse uma amazona. Claro que ainda não foi suficiente para que Dinah descobrisse que Atena na realidade é a Vovô de Apokalips. 125 quilômetros de distante da ilha das amazonas, quando todos pensavam que tudo finalmente estava bem, um projétil cai do céu e atinge o peito de Connor. Connor está morto? Só na próxima edição.

Read Full Post »

Sinopse Panini: A Guerra dos Anéis chega a seu momento mais dramático e intenso, com ambas as tropas lutando ferrenhamente no campo de batalha que se tornou nosso planeta! Sacrifícios serão feitos, vidas serão perdidas… e nada mais será como antes! E o novo detentor do poder de Íon passará por seu maior teste! E ainda: conheça todo o passado do garoto que veio a se tornar uma das maiores ameaças do universo… o Superman Primordial!

Eu li:

Contos da Tropa Sinestro – No coração do Sol: A Guerra continua de forma devastadora na Terra. A primeira história da revista traz como protagonista o Superman Primordial, o vilão de Crise Infinita. A história traz uma recapitulação do personagem, sua origem, o que aconteceu com ele em Crise e como ele se envolveu na Guerra dos Anéis. Enquanto isso, os heróis da DC tentam a qualquer custo deter o vilão, enquanto ainda é noite, pois quando amanhecer, o sol da Terra irá devolver todas as forçar ao Kryptoniano. Mas todos falham e a história terminar com o Íon, que agora é Sodam Yat, tendo que encarar o pequeno desgraçado.

Tropa dos Lanternas Verdes – A Guerra dos Anéis, Capítulo 10 – Cai o Pano: A porrada continua comendo solta na continuação da história acima, mas desda vez é apenas entre Íon e Superman Primordial. As páginas são intensas, com sangue para todo lado e uma batalha mortal. Sodam é infectado com chumbo, o que é mortal para sua raça, mas isso não lhe afeta enquanto estiver usando os poderes de Íon. A história também conta um pouco do passado de Sodam, antes dele virar um Lanterna. Mas você acha que ele consegue dar conta sozinho do Superman Primordial? Bem, em alguns momentos a gente quase acredita que sim, mas no fim, Íon cai. Os Lanternas da Terra chegam ao resgate!

Lanterna Verde – A Guerra dos Anéis, Capítulo 11 – Surge a Lanterna Negra: A Guerra chega ao seu fim de forma fenomenal! Primeiro são os desenhos que parecem saltar das páginas da revistas, são dezenas de Lanternas Verdes e da Tropa Sinestro se matando páginas após páginas. Os heróis regulares da DC até surgem aqui e ali, mas o maior foco é da Tropa de Hal Jordan, decisão mais do que acertada dos roteiristas. O final da saga também revela um pouco sobre o que é a Noite mais Densa, a profecia apocaliptica do livro de OA. Conta que sete Tropas irão surgir, sete anéis, sete cores. E a guerra entre estas Tropas serão desesperadoras. Se a Tropa verde com a amarela causou esta saga, imagine o que sete tropas distintas fariam com o universo inteiro. Já que nem todas as tropas lutariam por justiça. A Guerra acaba-se dividindo em 2 focos, Hal Jordan e alguns Lanternas contra o Sinestro e todos o resto contra o Anti-Monitor, a entidade que destruiu todo o multiverso da DC na década de 80. A batalha contra Sinestro é cruel também, mas Hal consegue derrotá-lo. Mais difícil é a batalha contra o Anti-Monitor, os heróis fazem de tudo mas muito pouco tem efeito contra a entidade. Numa reviravolta inesperada Superman Primordial surge, soca até não poder mais o Anti-Monitor e após despedaça-lo, arremessa-o as sobras no espaço. E o que acontece com o vilão psicótico? Superman Primodial erra ao entrar numa briga contra um Ancião de OA, que sacrifica sua própria vida para pulverizar o jovem vilão. Superman Primordial finalmente está morto?! Com a destruição do Anti-Monitor, com a derrota de Sinestro, a tropa amarela, ou o que sobrou dele, bate em retirada. A Guerra acabou. As páginas seguintes servem para mostrar os destinos de alguns personagens. Superman Primordial não morreu, mas foi jogado no Multiverso e veremos o que isso resultará nas páginas de Contagem Regressiva. Sinestro foi aprisionado. Os 2 Anciãos expulsos de OA por violarem algumas regras durarem edições passadas criam o Anel Azul, o da Esperança. Uma nova Tropa pode vir a surgir dessa nova cor. O Superman Ciborgue, que queria muito morrer, não conseguiu a triste meta, mesmo que lhe tema sobrado apenas um pedaço de sua cabeça vagando pelo espaço. E o Anti-Monitor? Isso sim é desesperador. A entidade cai em algum lugar do espaço e cria a Lanterna-Negra, que será pauta a próxima saga da revista em 2010, os anéis negros que podem trazer os mortos a vida. O_O

No fim a Guerra dos Anéis se tornou uma das melhores sagas desde que passei a ler as histórias da DC, a uns 4 anos atrás. A trama trouxe muitos bom personagens, ótimos vilões, excelentes desenhos. Não teve nada de negativo nesta saga. Se você não leu, perdeu uma obra-prima.

Sinopse Panini: Considerado por muitos como uma fraude, o Gladiador Dourado está de volta, almejando uma vaga na maior equipe de super-heróis da Terra: a Liga da Justiça! No entanto, antes de conseguir o seu intento, ele terá que reparar a linha temporal e deter um adversário misterioso que pretende matar todos os heróis. A Guerra dos Anéis acabou… é hora de curar as feridas e reparar os danos. E ainda: dois contos da Tropa Sinestro!

Eu li:

Contos da Tropa dos Lanternas Verdes – Íon, O maior dos Lanternas Verdes: A Guerra acabou. É chegada a hora de amarrar as pontas soltas que a mega Saga abriu. A primeira história trata de oficializar definitivamente Sodam Yat como novo Íon. Kyle também conversa com os Guardiões sobre tal situação e até mesmo ajuda o novo Íon. Uma história bem simples de passagem entre uma fase para outra no universo dos Lanternas Verdes. Nada demais.

Tropa dos Lanternas Verdes – Luz da Liberdade: Agora sim a conclusão da saga de uma forma mais abrangente. Temos praticamente o desfecho de todos os Lanternas importantes. Guy reencontrando Gelo, que voltou a vida numas edições passadas em Novos Titãs, Kilowog em Mogo, Natu no hospital curando os Lanternas feridos e por aí vai. O mais bacana é ver no fim um Lanterna de Sinestro morrendo e Mongul adquirindo o anel amarelo. Ho ho ho, aí vem um grande adversário para a Tropa.

Contas da Tropa Sinestro – Uma vez grandioso, grandioso novamente: Uma pequena histórinha para tapa-buraco na revista, mas muito interessante, contando a origem de Sinestro e dos tempos em que ele e Hal Jordan eram amigos. Como um promissor Lanterna acabou virando um perigoso inimigo. Vale a pena para quem não conhecia a história.

Contas da Tropa Sinestro – O medo é o choro de uma criança: A segunda histórinha é menor importante, mas ainda assim bem narrada, mostrando um Lanterna de Sinestro que mata filhos de Lanternas. Temeroso no mínimo. E ao que tudo indiga, este não foi capturado na conclusão da Guerra e está entre os que fugiram para o espaço.

Gladiador Dourado – Origens Secretas, Capítulo 1: E a revista do Lanterna Verde a parte desta edição ganha uma grande adição, Gladiador Dourado chega com um enredo muito promissor, direto das páginas de 52. Gladiador novamente está tentando ser um heroi reconhecido, talvez até seja aceito na nova Liga da Justiça. Porém Skeets, a maquina que sabe tudo sobre o futuro, passou a notar distúrbios temporais. Alguma coisa está alterando o presente do Universo DC. Rip Hunter, o mestre do tempo, resurger novamente para o Gladiador. O Multiverso está sendo alterado por algum ser desconhecido e os herois precisam novamente se reunir e encontrar as fendas temporais e consertar os estragos. Isso explica porque o Gladiador meses atrás aparecia em várias revistas da DC de personagens diferentes e épocas diferentes, para fazer isso ou aquilo. Até no século 31 da Legião ele foi. A revista promete contar as aventuras do heroi pelo tempo! Demais! Neste primeira parte ele descobre que se não ajudar Rip Hunter, Hal Jordan morrerá futuramente. Uma bela maneira de incentivar Gladiador a se juntar nesta aventura. E mais uma coisa, O Gladiador ainda promete que após tudo isso, fará o possível para trazer a vida, o Besouro Azul, o personagem que foi o pilar para toda a Crise Infinita da DC nestes 3 anos… Wow!

Read Full Post »

Putz, atrasei pra caramba os reviews da DC, deixa eu colocar um pouquinho em dia!

Sinopse Panini: No Palmerverso, ainda em sua busca pelo Eléktron, Donna, Jason e o Monitor se vêem à mercê da Rainha Belthera. O Flautista e o Trapaceiro tentam escapar das mãos de Batman e Flash, mas acabam indo parar na despedida de solteiro da Canário! E a jovem Mary Marvel tem um encontro inesperado com a demoníaca Eclipso! E ainda: Holly passa por um ritual no qual é obrigada a lutar com todas as suas forças se quiser sobreviver!

Eu li:

Semana 35 – As Garotas só querem se divertir: Contagem é cheio de tramas paralelas que demoram a desenrolar. Aqui temos a turma de Jason Todd e Donna Troy, aprisionados pela rainha Belthera, que comanda guerreiros insetóides lá no Palmerverso. A rainha transforma no novo Elektron num inseto e ainda controla a mente do Monitor, nada bom para Jason e Donna. Enquanto isso Mary Marvel é chutada e banida pra sempre da mansão mágica de Zatanna. Jimmy paca o maior mico no satélite da Liga da Justiça quando seus poderes misteriosos não funciona. E Holly se encontra na arena dos gladiadores na mansão das Amazonas e de Athena [que todos sabemos que não é a verdadeira]. Já na trama do Karatê Kid, que pra mim não faz o menor sentido, só rola algumas porradas com uma fera que parece uma versão fracote de Apocalips. E por fim, os monitores continuam seu eterno debate do que fazer com o multiverso, que não para de misturar realidades. E vamos para a próxima semana.

Semana 34 – Em busca de respostas: Vamos lá! Donna parte pra cima de Belthera, as coisas saem do controle e a rainha e a heroína caem num portal. Enquanto isso, Batman captura o Flautista e Trapaceiro, mas apenas para entregar para Wally, o Flash, que está furioso pela participação dos supostos vilões na morte de Bart Allen, o Flash/Kid Flash. O fim da HQ com Flash dizendo que eles merecem morrer não engana ninguém. Rá! Na arena das Amazonas, Holly e Arlequina passam no teste e poderão ir a novíssima Ilha das Amazonas. Fico pensando até onde essa trama das Amazonas vai levar o universo DC. E Mary Marvel é traida novamente. Não sei, acho que apesar da violência e da raiva que os poderes de Adão Negro mexerem com a Mary, ela está longe de ser um personagem tão impactante como Adão foi em 52. Opa, Karatê Kid sendo manipulado por um servo de Darkseid? Mais bizarro impossível. E Jimmy Olsen agora procura o Aço, para que ele descobra a origem de seus poderes. Mas o experimento sai tudo errado e Jimmy quase morre. Aço não sabe nem se ele ainda é um humano. Próxima semana, por favor!

Semana 33 – Vamos fazer um acordo: Metade da revista! Flash resolve levar Flautista e Trapaceiro num quarto mágico, enquanto rola pelos panos e em outra revista DC o casamento do Arqueiro Verde e Canário Negro. Uma múmia mágica vai atrapalhar tudo. Nem preciso dizer que a trama com estes dois é ridícula e se tem alguma importancia, já deveria começar a ser definida ao invés de ficar mostrando suas trapalhadas, os leitores já entenderam este ponto. E no palmerverso, Íon chega para resolver toda a situação, incluindo salvar Donna do portal, apenas “pescando” a heroína. Solução imbecil, mas deixa pra lá. Só que o novo Eléktron sai de cena puxado por uma mão gigante e some da trama. A viagem continuará sem ele. A trama de Mary e Jimmy só sapateiam aqui, deixa pra próxima semana.

Semana 32 – Garotas ensandecidas: A trama de Mary com Klarion termina aqui, a traição do bruxo levou 3 semanas para ser finalizada, o propósito era deixar Mary enfurecida para que ela se encontrasse com Eclipso no fim de tudo. E pensar que a vilão vem atuando pelos panos desde Crise de Identidade e ninguém do Universo DC se deu conta ainda. Uia, é brincadeira, mas o Trapaceiro e o Flautista conseguem fugir do quarto mágico de Zatanna e ainda por cima invadem a despedida de solteiro da Canário e saem ilesos de lá. Cacetada!! XD Ah, a piadinha com a Supergirl bebendo é ótima. Jimmy agora está no laboratório Cadmus para testar de onde vem seus poderes. Enquanto isso a trupe de Donna e Jason chegam aos multiverso! Exato, o Eléktron que eles procuram está enfurnado em algum lugar do multiverso e não no palmerverso como havia se pensado. E já chegam num universo onde a Liga da Justiva é soviética e nada amigável. Assim termina esta edição de Contagem. Vamos para a edição 6!

Sinopse Panini: Junto a Una, Karatê Kid prossegue em busca de quem possa o ajudar em sua condição crítica. Saltando de mundo em mundo pelo multiverso, Donna, Kyle, Jason e o Monitor, acompanhados do Comediante, acabam caindo nas mãos dos Extremistas! Enquanto tenta entender a real extensão de seus poderes, Jimmy é contatado por uma habitante de Nova Gênese! E ainda: instruída por Eclipso, Mary Marvel prossegue em sua jornada pelo lado negro de sua alma…

Eu li:

Semana 31 – Novas fronteiras: Porrada na Terra-3, onde a Liga da Justiça age como vilões e o Coringa, ora essa, atua como herói? Não é a toa que alguns leitores abobinam Contagem Regressiva. Pior ainda é saber que o palhaço se junta a turma de Donna numa viagem pelo Multiverso. E Monarca chega em tal universo para recrutar a Liga contra os monitores. Holly tenta avisar sobre sua viagem a Ilha das Amazonas, mas alguém pelos fundos rasga a carta que contaria tal fato. Ih, olha só o vilão MXYZPT, da revista do Superman aparece numa nova trama,, uma única página, sendo sugado para uma outra dimensão. Hein? Pois é. Paralelamente Eclipso faz a cabeça de Mary deixando cada vez mais malvada. E Jimmy não se sai bem no Cadmus… pra variar. XD

Semana 30 – Conflito em família: A trama de Donna é tão bacana que ganhou uma revista própria para mostrar com mais detalhes as aventuras da trupe pelo multiverso. Então não faz sentido que quase toda a semana 30 de contagem seja dedicada a trama em questao. Aqui eles estão na Terra 15, como Coringa da Terra-3, que na verdade se chama Comediante e é pai de Duela, a primeira personagem a morrer nas primeiras paginas do primeira número de Contagem Regressiva. Na Terra-15 Jason é o Batman, Donna a Mulher-Maravilha e Íon o Lanterna Verde. Ah e o General Zod é o Superman. Todos são meio violentos, mas ainda são herois, ainda que com um código moral meio contraditório. Karatê Kid descobre estar infectado pelo vírus Omac, que não some do universo DC nem com reza brava. Jimmy foge do Cadmus e mias trapalhadas com Trapaceiro e Flautista. Já Holly chega a Ilha das Amazonas, mas precisa nadar até lá, num mar infestado de tubarões.

Semana 29 – Notícias de outra Terra: Chegamos a Terra-8, mais habitantes hostis que serão recrutados pelo Monarca, não antes do Comediante dar sua vida para salvar Íon. uma anomalia a menos no multiverso. Jimmy encontra a Legião Jovem. Holly e Arlequina chegam a Ilha das Amazonas. E mais malvadezas com Mary. A trama praticamente não anda nesta semana.

Semana 28 – Surge a Forrageadora!: Jimmy é sequestrado pela Forrageadora no QG da Legião Jovem. A tal personagem parece ser de Nova Gênese e novamente a saga da Morte dos Novos Deuses parece estar interligada aos poderes de Jimmy. Flautista e Trapaceiro fogem novamente do Esquadrão Suícida. Karatê Kid parte para Bludhaven na trama que ainda não faz o menor sentido pra mim. E a trama de Mary finalmente ganha um fator bacana, o grupo Pacto das Sombras parte para caça-la!!!! Pacto das Sombras comanda!! E chega o caos na Terra-8 com Monarca, Liga Soviética e porrada pra tudo quanto é lado. Resultado: Donna é abatida. Continua na próxima edição!!

Read Full Post »

Sinopse Panini: A esperada estréia de Batman e os Renegados! O Cavaleiro das Trevas coloca sua nova equipe tática em uma missão secreta que somente um grupo disposto a tudo poderia desempenhar! Novos Titãs: Lex Luthor lidera um exército futurista com o objetivo de mudar o erros do presente. Mas a ameaça de Starro pode reverter os seus planos. Robin: com a identidade secreta de Robin nas mãos, o grupo de Dodge parte para a ofensiva final!

Batman e os Renegados – A Crisália, Parte 1: A estréia da HQ começa da melhor maneira possível. Belos quadrinhos e um enredo sem delongas. Todos os integrantes da equipe fazendo seu melhor papel e com belas entradas. Caçador de Marte tem o papel mais engraçado, eu não imaginava que ele seria o gordinho. A missão de infiltração revela no fim perigosa com o surgimento de um OMAC. Mas a continuação é só na próxima edição.

Robin – Os Maiorais: O fim do arco envolvendo a vingança de Dodge tem momentos de altos e baixos. A trama bem armada com os Novos Titãs para emboscar os vilões restantes do grupo de Dodge foi bem inteligente, eu realmente achei que eles tinham descoberto a identidade secreta de Robin. O que ficou meio marmelada mesmo foi o fim do Dodge, que desaparece depois de uma sobrecarga. Depois de meses cultivando o personagem, os roteiristas simplesmente desaparecem com o personagem? Burrice.

Robin – A Promessa: Noite agitada para Robin. A história aqui é melhor que de cima. Mostra Robin tentando recapturar alguns prisioneiros de Arkham enquanto liga com o sentimento do aniversário da morte do Pai. Mostra uma face bem mais violenta do herói e que ele pode sim ficar tão sombrio quanto Batman no futuro. A partir da próxima edição, Robin migra para a revista do Batman, temporariamente, devido a mega saga A Ressurreição de Ra’s Al Ghul.

Novos Titãs – Os Titãs do Amanhã… Hoje, Parte 3: O mega-arco com os Titãs do Futuro continua sensacional em sua terceira parte. A zona de guerra fica mais perigosa quando Starro começa a atacar todo mundo, incluindo os heróis e heróis/vilões do futuro. Enquanto isso Mega mata sua versão futuristica sem querer, o que com certeza gerará algum dano psicológica na menina futuramente, mas isso fica pra depois, pois Megan parte para ajudar Robin, que parece mais atordoado com sua versão do futuro como um Batman assassino. Enquanto isso Supergirl avista… a Tropa Sinestro vs a Tropa do Lanterna-Verda? E lá na Terra, Titãs do Presente e do Futuro são dominados por Starros. Quem vai salvar a pátria agora? O Besouro Azul. XD Sacanagem, o carinha sempre se mete na pior das encrencas. Sobrou pra ele derrotar todo mundo.

Read Full Post »

Sinopse Panini: Edição especial com o início de três novas séries! O clássico roteirista e desenhista Jim Starlin traz A Morte dos Novos Deuses! O massacre vai começar para os seres do Quarto Mundo! Contagem para a Aventura: diretamente das páginas de 52, acompanhe a nova jornada de Estelar, Adam Strange e Homem-Animal! A Busca por Ray Palmer começa! Descubra o novo Multiverso ao lado de Donna Troy, Kyle Rayner e Jason Todd!

A Morte dos Novos Deuses – E assim começa… O FINAL, Parte 1: A série promete no mínimo diversão. Os Novos Deuses já vinham morrendo pelas HQs da DC faz alguns meses. Ao que parece é esta série que irá explicar o que está acontecendo e quem está afinal matando os Novos Deuses com tamanha facilidade e agilidade. A primeira parte da mini-série traz uma breve explicação de Apokalips e de Nova Gênese, a eterna guerra, a tregua etc. A primeira parte traz 3 mortes de Novos Deuses, a mais chocante é a da famosa Barda, que recentemente ajudou a Liga da Justiça e trabalhou com Barbara nas Aves de Rapina. Ela está morta. Achava que Darkseid talvez estivesse por traz de tais assasinatos, mas aparentemente não, tanto que o vilãozão da DC está organizando estruturas defensivas em Apokalips, como se algo ruim estivesse a caminho. Bem, a continuação só na próxima edição.

Contagem Regressiva para a Aventura – Volta ao Lar, Os Novatos, Parte 1: A série com Adam Strange, Homem-Animal e Estrelar também promete diversão. Adam demorou 1 ano para voltar a seu planeta, como conseguencia, acabou perdendo o posto de herói. A HQ mostra que o seu substituto não age como merecedor do cargo. Enquanto isso Estelar continua hospedada na casa de Buddy, o Homem-Animal. Sem ninguém da comunidade dos herois saber. A esposa de Buddy mostra um certo ciúmes e as crianças idolatram a heroina. Estelar está sem poderes no momento e resolve ser a babá de Buddy, enquanto não descobre o que aconteceu com ela.

Contagem Regressiva para a Aventura – Batedora, A origem das espécies, Parte 1: Uma trama curtinha após a história principal, narrando a origem da Batedora e como ela está sendo manipulada pelo Monarca. História confusa, nada bacana e sem propósito no momento. A única coisa que estraga a revista.

A Busca por Ray Palmer – Começa a busca, Parte 1: Ho ho ho, mais uma mini-série com personagens otimos para tiradas. O mais interessante é que Kyle, Donna e Jason estão passeando através do Multiverso, dando a chance aos leitores de conhecerem um pouco dos mundos bizarros que a DC está guardando paralelamente ao se universo atual. A rixa de Kyle e Jason, causada por Donna Troy também gera algumas piadas engraçadas. O monarca até aparece na HQ mas novamente sem revelar propósito algum no momento, por isso, não vamos nos preocupar com o cara. O mundo visitado pelo trio é interessante, os heróis matam os vilões sem dó. Mas no fim, Ray Palmer, não está nele, hora de mudar para outro universo paralelo e continuar na próxima edição.

Read Full Post »

Older Posts »